Mensagens

Nunca mais nada será igual mas ainda assim agradeço!

Este mês tivemos as festas da terrinha. O primeiro ano em que vi a Procissão sem ti. Não consegui evitar de deitar umas lágrimas de saudade a assistir a algo que fazias questão de participar enquanto tiveste saúde e de assistir mesmo quando já não a tinhas. Não fui às Novenas. Não consegui ver-me na Ermida do Castelo, sozinha e sem ti. Sabia que não ia aguentar e a última coisa que quero é parecer uma Maria Madalena coitadinha junto das outras pessoas. 
Sabes o quanto gosto da Festa portanto tentei aproveitar ao máximo. Mas não foi a mesma coisa... este ano foi muito difícil de conseguir estar bem o tempo todo. Foram dias que serviram para distrair-me da tua ausência.
O Avô foi ver o Toiro À Corda. Até esteve mais ou menos, dentro do possível. Agora anda a fazer uma nova medicação para estimulá-lo e parece mais desperto e participativo. Espero que seja para manter. Já são raras as vezes que me conhece mas não faz mal. Gosto imenso da companhia dele, apesar de tudo. Quando está lúcido…

O Serviço Nacional de Saúde matou a minha Avó!!

Não sei bem se estou a escrever isto como um possível alerta para alguém ou se é apenas como um desabafo. Talvez o mal seja geral, talvez num outro hospital a minha Avó tivesse sido avaliada em condições e talvez ainda estivesse viva. Talvez. São apenas talvez.
A minha Avó foi internada o ano passado. Foi-lhe diagnosticado espasmos epiléticos, que levaram à receita de um medicamento que aliviasse esse espasmos. Soubemos este ano que deveria ter sido feita um rejuste da medicação pela médica de família (onde ela foi inúmeras vezes durante o ano). 
Este ano, em Maio, teve um novo surto epilético (supostamente) e ficou novamente internada. Uma vez no hospital, foi então feito o reajuste da medicação e disseram ainda que ela tinha ma infeção urinária, tendo começado a tomar antibiótico para o efeito. Teve alta.
Em casa, 2 dias depois sentiu-se novamente mal e foi novamente internada. Desta feita foi-nos dito que o excesso de medicamentação (fora esta dos espasmos e o antibiótico, a minha…

Um mês sem ti!

1 mês sem ti e no entanto não há dia que não sinta que andas por perto, não há dia que não pense em ti e não há dia que não sinta a tua falta. Tu sabes disso. Ando neste desassossego e não sei como acalmar. Não quero esquecer-te ou deixar de falar de ti. Sinto-me bem a falar de ti. 
No sábado fui com a Mãe decidir o que fazer com as tuas roupas. Chamámos a tua vizinha, que sempre foi uma grande amiga tua, perguntámos se queria ficar com algumas coisas de recordação. Ela disse que sim. Dei-lhe um dos teus terços porque sei que era isso que querias.
A Mãe quis ficar com umas blusas tuas, diz que gosta e que se sente bem a usar. A Sara também, tenho a certeza que sempre que as vestir mais pensar em ti. Ela sente muito a tua falta! As restantes roupas demos à tua irmã Elvira e à caridade. Seria assim que tu gostarias, tenho a certeza!! Fiquei com um lenço teu de por ao pescoço. Não consigo ainda usar, faz-me muita confusão. Parece que a partir daí finalmente vou descobrir que isto é mesm…
O meu amigo tem andado afastado. Eu sei que não propriamente a pessoa mais alegre e de bem com a vida mas não é nestas alturas que mais precisamos de quem supostamente gosta de nós?
As mensagens diárias deixaram de existir e só muito a custo dá sinal de vida. Eu também deixei de dar... pode ser que este afastamento sirva para nos afastarmos de vez.
Sinceramente já pouco me interessa.

De rastos!

Farias 82 anos. Em Setembro vou a Bucareste e já ninguém se entusiasma com essa novidade. As festas estão a chegar e não há ninguém a quem acompanhar para ir às Novenas ou ver a Procissão. Ninguém me pergunta se me sinto sozinha ou se já fiz muitos amigos. Ninguém olha para a minha cara e percebe que me sinto triste. Ninguém faz nada das coisas que tu fazias e das coisas que me dizias. 
No sábado tive de ir escolher a tua pedra, os textos que devo colocar e a fotografia. No sábado farias 82 anos e em vez de andar a escolher a tua prenda andei a escolher a tua lápide e a deixar-te flores. Tu que até nem gostavas de flores. 
Na sexta-feira tratei da trasladação do teu filho para que fique junto a ti. Os teus desejos estão a ser todos cumpridos. Qualquer dia também devo conseguir acalmar esta revolta. Espero eu!
Chego à tua casa e parece tudo tão irreal. Como se fosse um sonho mau. Um sonho que nunca quis que acontecesse e para o qual não estava preparada.
Avó, fazes-me muita falta. Rec…

Memórias

Ontem passei um dia complicado. Aliás todos os dias desde que te perdi se tornaram dias complicado. Mas ontem foi um dia para esquecer. 
Não me consigo abstrair de ti, Avó. Nem o trabalho esta semana me manteve distraída e tu sabes o quanto gosto do que faço. Pensar em tudo o que passámos juntas faz-me feliz e triste ao mesmo tempo, afinal são trinta anos que jamais se apagarão e tu sabes o bem que me recordo da minha infância desde os primeiros anos.
Dei por mim a pensar nas vezes em que já sem conseguires andar como antes me contavas o que tinhas sonhado. "Sonhei que corria, corria a vila como antes. Ia à vila no meu passo acelerado e fazer os meus recados.".
Lembrei-me no dia em que fomos à loja dos 300 e eu fiquei a namorar um cão de peluche que estava na montra. Sabia que não podia ser, tínhamos a "lição" estudada em casa de não pedincharmos nas lojas. Mandaste-me esperar por ti na rua e de repente vejo a senhora da loja a tirar o cão da montra e a sorrir. Fi…

Amo-te para sempre!

Faltam 2 dias para fazeres anos. 82 anos. E logo tu que sempre gostaste de celebrar, de cantar os parabéns, de receber mimos e prendas.
Hoje dava tudo para andar na azáfama habitual a escolher-te um vestido colorido, como tu tanto gostavas. Hoje dava tudo para andar a dar sugestões ao Mano e à Mãe de coisas para te oferecerem. Hoje dava tudo para estar a escrever o postal da praxe.
Logo este ano que podia passar o teu dia de anos contigo. Logo este ano não te tenho.
Sinto tanto a tua falta! Esta dor não passa porque não sei o que te aconteceu. Ainda não sei o que se passou para ficar sem ti e isso dói muito.
AMO-TE PARA SEMPRE!!